segunda-feira, 4 de maio de 2009

"O PROPÓSITO DE DEUS"

O PROPÓSITO DE DEUS.
Mesmo sendo a bondade de Deus, superior a tudo, o seu grande amor não foi o suficiente para convencer o homem da sua ignorância de sua ganância e de sua maldade. Pois ele é mal e cruel, por isto Deus se arrepende de ter feito o homem, e resolve destruí-lo da face da terra, isto no principio dos tempos. Apesar da maldade humana, sempre tem alguém digno e de bom caráter, nesta época existia um homem que embora não fosse tão perfeito, mas era temente a Deus. E em seu coração sabia respeitar os direitos do seu próximo e sempre procurava fazer o bem, por isto foi poupado. Porque Deus tinha propósitos para sua vida e de sua Familia, este homem era Noé, e Deus então mandou que ele fizesse uma arca onde coubesse tudo o quanto ordenaria a colocar na arca. Esta arca demorou cerca de cem anos mais ou menos, e neste período não cessava de exortar aquele povo ao arrependimento. Mas como o pecado sega as pessoas, não deram importância ao que Noé falava, e pagaram caro por isto, pois acabaram sendo mortos afogados. A partir de Noé, começa uma nova geração, que se multiplicou, e em pouco tempo construíram cidades e caíram de novo no pecado! Temos observado que Deus tem sido muito complacente com o homem, mesmo assim o homem é ingrato e não reconhece o que Deus fez e faz por ele a cada instante de sua vida. Como o homem pode ser tão ingrato e desobediente, e se ainda estamos em sua presença, é em vista do seu grande amor, porque ele não nos fez para sermos maus, mas para sermos pessoas de bem. Apesar de sermos pecadores, ele tem muita paciência conosco, e sempre nos dá a oportunidade para o arrependimento e também porque a sua paciência para conosco não tem limites, Temos que reconhecer que como humanos, temos muitas necessidades matérias. Infelizmente nem tudo o que consumimos são produzidas por pessoas que respeitam o nome de Deus. Sabemos que as maravilhas de nosso Deus tem se estendido a todos, tanto para os bons como para os maus. O dia amanhece para todos, como também o sol a lua o ar que respiramos tudo são dádivas de Deus que todos de uma forma geral o usufruem, sem o menor constrangimento. Em vista disto temos que entender que se consumimos coisas que não são feitas por homens de Deus. Estes que não são seus também usufruem das suas dádivas. O pecador ao saber da grande paciência e da misericórdia e também da sua bondade e que é tardio em irar-se, sabendo disto vem sempre adiando aquilo que precisam mudar em suas vidas. Abusando cada vez mais da sua bondade, a cada dia que passa está sempre ampliando a sua divida para com Ele, às vezes indo até o limite de sua paciência. O pecado vem penetrando em nosso meio; e precisamos estar contritos com nosso Deus para nos dar forças para resisti-lo. Como fica a situação do crente? Se dependemos de produtos e outros benefícios produzidos por pessoas que distanciaram de seus ensinamentos. O importante é a nossa confiança em Deus e esperar por ele, e não seremos decepcionados. O resto fica na consciência de quem fabrica, pois se fabricam coisas boas ou se preocupam pelo bem dos outros, porque insistem em ser maus ou distanciados de Deus? Deus não deixa impune aquele que menospreza a sua palavra, Ele dá a disciplina, visando à conversão ou o retorno de seus filhos desgarrados. Ao que se arrepende o Senhor ouve e responde, mesmo que ainda esteja no mais profundo abismo.

A CONTINUAÇÃO DESTA MENSAGEM E OUTRAS MAIS PARA SUA EDIFICAÇÃO - VOCÊ AS ENCONTRAM NO LIVRO -
"A ESSÊNCIA DO AMOR"

Para adquirí-lo é só acessar www.amazon.com
(Procurar na sessão de livros)

ENI JOSÉ DE LIVEIRA 04/05/2009

Nenhum comentário: