sexta-feira, 29 de junho de 2018

Refletindo o "NOVO TESTAMENTO" -- PARTE - 15


                             Refletindo o "NOVO TESTAMENTO"
                                              PARTE -- 15
Jesus continua com seus conselhos, no sermão da montanha:
Não julgueis para que não sejais julgados. Porque com o juízo, com que julgardes, sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.
E porque reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?
Ou como dirás a teu irmão, deixa-me tirar o argueiro que está no teu olho, estando em trevas o seu?
Hipócrita, tire primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do teu irmão.
*Quando você aponta o seu dedo indicador na direção de alguém, acusando o pelo seu comportamento mediante a determinado ato sem que possa provar.
Esta acusação poderá voltar contra você, lembre-se que quando você aponta o dedo indicador na direção do outro, os demais dedos estarão voltados em sua direção.
A palavra de Deus nos adverte para não julgar para que não sejamos julgados, (vimos nas palavras de Jesus em seu discurso) antes de olhar para o erro do seu irmão, olhe para dentro de você mesmo.
Pois muitas vezes todo escândalo que estás vendo em seu irmão, e por isto o condena; é muito pequeno diante do escândalo que você está provocando sem perceber.
Esta mania de conversar fiado, ou censurar alguém muitas vezes custa caro, isto sem falar nos danos que causam as pessoas que são vitimas da inconsequência de pessoas que não pensam antes de falar.
No meu tempo de juventude, dizíamos que pessoas assim falam pelos cotovelos ou eram taxados de fofoqueiros mesmo.
Imaginem encher um saco de penas e soltar de uma parte mais alta, principalmente quando estiver ventando, e depois tente recolhe-las novamente, será que conseguirá?
Assim é a conversa fiada depois que se alastra, fica muito difícil à justificativa, mesmo provando que a pessoa em questão é inocente
E por mais que se explique jamais conseguirá retomar a mesma confiança de antes, pois aquela dúvida sempre estará presente na cabeça das pessoas mais próximas.
A conversa fiada, quando muito espicha, vira corda comprida cheia de nós difíceis de serem desatados.

                       ----- EJO ----- Continua




Nenhum comentário:

BLOG DO OLIVEIRA: "REI DAVI, O GRANDE GUERREIRO" -- PARTE - 44

BLOG DO OLIVEIRA: "REI DAVI, O GRANDE GUERREIRO" -- PARTE - 44 :             "REI DAVI, O GRANDE GUERREIRO"         ...