quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Refletindo o "NOVO TESTAMENTO" -- PARTE - 118


   Refletindo o "NOVO TESTAMENTO"                            PARTE --- 118
Naquela época o castigo mais humilhante, era a morte em uma cruz, porque ali significava que o infrator teve o castigo que merecia segundo as barbaridades que cometiam.
E para aquela gente, Jesus não passava de um farsante e merecia morrer daquela maneira; uma cruz pesada foi providenciada para Jesus carregar; subindo e descendo as vielas das ruas sendo açoitado e humilhado durante todo o trajeto até chegar ao calvário.
Quando já estava bem próximo ao seu destino, já não suportando mais de tanta fraqueza, em vista do sangue que já havia perdido; mesmo caído ainda levava as chicotadas na tentativa de fazê-lo levantar, foi quando um bom homem chamado Simão Cireneu o ajudou a chegar no seu destino final.
E ali naquele lugar feio e de péssima impressão, lugar que dava arrepios as pessoas mais sensíveis, Jesus foi crucificado; pendurado na cruz, sofria as mais humilhantes ofensas até mesmo de muitos dos que o seguia.
Junto com Jesus estavam mais dois elementos de alta pericolosidade, elementos que não respeitavam ninguém e viviam dando trabalho as autoridades locais, e Jesus no meio deles. 
Um deles o que estava a direita de Jesus repreende o seu parceiro de crime, dizendo; nós estamos aqui, sofrendo porque merecemos, praticamos o mal;  este nenhum mal fez, ele é inocente; virando para Jesus implora para que Jesus se lembrasse dele quando subisse aos céus; demonstrando arrependimento sincero; a resposta de Jesus veio de imediato dizendo  que ele estaria com Jesus no paraíso naquele mesmo dia.

                    --- EJO ----- Continua



Nenhum comentário:

BLOG DO OLIVEIRA: "O PROFETA DE DEUS" -- PARTE - 08

BLOG DO OLIVEIRA: "O PROFETA DE DEUS" -- PARTE - 08 :                   "O PROFETA DE DEUS"                         ...